Blog do Puntel

ENEM: ATÉ DENTADURAS DUPLAS, UAI!

Puntel

Dia 5 de novembro deste ano será a prova de Redação do ENEM. Com a proximidade da prova, a preocupação aumenta. É comum professores serem perguntados: “O que vai cair, professor?” O importante não é “o que vai cair”, mas, caia o que cair, os candidatos precisam se ater à “situação-problema” dada, seja de ordem “política, social ou cultural”, como está no site do INEP, o instituto federal responsável pela prova.

Costumo responder a esse questionamento, afirmando que pode cair até “dentaduras duplas”. Uai! Drummond não fez um longo poema falando desses “engenhos modernos, práticos, higiênicos, a vida habitável”? E, num país de desdentados, o poema de Drummond não nos remete a uma classe política cheia de dentes sanhudos, que mastigam e trituram até a merenda da molecada do grupo escolar? Ou seja, não temos aí uma “situação-problema” de ordem “política, social” e até mesmo “cultural”? 

Sim, a prova de Redação versará sobre um “problema” a ser resolvido, solucionado. Aliás, “solução” é uma das 5 competências a que os candidatos têm que se ater. Não só dar solução, mas detalhá-la, ou seja, deixar claro os agentes, quem vai solucionar o problema. Não podem se esquecer também de detalhar as “intervenções sociais”, que é como o ENEM chama a solução dada à “situação-problema”.

                Só para refrescar a memória dos descuidados, nos últimos três anos, as “situações-problema” foram: “publicidade infantil”, em 2014; “a persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, em 2015; “caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, em 2016.

                O importante é que os candidatos treinem o máximo possível, redigindo a respeito de temas que são notícia nos jornais e revistas. Aí vão alguns: “usar a pílula da inteligência não é trapacear?” E que tal redigir sobre o “sexismo nas empresas”, a partir do manifesto publicado por um funcionário do Google, que viralizou nas redes sociais? Querem mais? Redigir sobre a “falta de educação argumentativa do brasileiro”, que faz com que grupos diametralmente opostos polarizem radicalismos políticos e sociais. Ou dissertar sobre como nossas lideranças políticas – lideranças? -, colaboram para sermos um país de desdentados?

 


 

(16) 3623-6199

Av. Senador César Vergueiro, 590 - Jardim Irajá - Ribeirão Preto/SP