Blog do Puntel

A QUESTÃO DA TRANSEXUALIDADE

Puntel

      A OMS retirou, recentemente, a Transexualidade do grupamento de “transtornos mentais” da CID , ou seja, da Classificação Internacional de Doenças. Imediatamente à notícia publicada nas plataformas de todos os jornais e blogs, trouxemos a temática para a sala de aula. Independente de ser um possível tema pedido nos futuros vestibulares, é tema de vida, de comportamento humano, de cidadania.

      Ano passado, a Fuvest solicitou que os candidatos discutissem a polêmica havida quando do Queeer museum, exposição artística sobre sexualidade, agressivamente reprimida tanto no local da exposição como pelas redes sociais. O tema da Fuvest, a partir da repercussão midiática, foi se deveria ou não haver limites para a arte. Como havíamos visto este tema em sala de aula, assim que se iniciou a polêmica, os alunos, no dia da prova da Fuvest, ficaram seguros sobre o que argumentar, o que discutir.

      Repito, trazer a questão da transexualidade, da incongruência de gênero, para a sala de aula não tem o intuito de prever o acerto de um tema de redação possível. Ao contrário, muito mais do que isso, discutir, com jovens vestibulandos, tema que envolve vidas humanas, envolve a orientação sexual, envolve o aplacar do preconceito. Dessa maneira, tornarmo-nos empáticos em relação às diversidades sexuais.


Luiz Puntel


 

(16) 3623-6199

Av. Senador César Vergueiro, 590 - Jardim Irajá - Ribeirão Preto/SP